terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Salada de Soba

Em novembro do ano passado, fizemos um evento em parceria com nossos amigos da Cafeteria/Galeria de Arte Objeto Encontrado. Uma das opções do menu era a Salada de Soba:


Resultado: as pessoas curtiram tanto a salada que já estou devendo a receita para uma galera. Por isso, hoje é dia de pagar a promessa!!!

Só uma ressalva: apesar de o soba ser feito com trigo sarraceno (que não é um trigo de verdade), também contém farinha de trigo comum, ou seja, tem glúten. Assim, não deve ser consumido pelos celíacos. 

Mas há esperanças. Um amigo disse que já viu para vender macarrão só com farinha de sarraceno... 

Essa salada é bem nutritiva e refrescante, pois leva limão e tahine, creme de gergelim, rico em proteína. 

Finalmente, vamos para a receita! Rende 2 porções.




INGREDIENTES:


- 100g de macarrão Soba
- 3 colheres de sopa (45ml) de tahine
- 1 e ½ colher de sopa (+/- 20ml) de shoyu
- Suco de 1 limão
- Cebolinha picada a gosto

Opcional:
- 3 colheres de sopa (45ml) de kombu dashi (deixa o molho mais sedoso e saboroso)
- 1 colher de chá (5ml) de óleo de gergelim (acrescenta um pouco mais de sabor)
- Folhas de alface rasgadas com a mão (dá mais frescor e crocância)


MODO DE FAZER:

Colocar 2 litros de água para ferver em uma panela (tipo caçarola). Após levantar fervura, acrescentar 1 e ½ colher de chá de sal e, em seguida, jogar o macarrão soba. Assim que amolecer, dar uma mexida para evitar que os fios grudem. Cozinhar por aproximadamente 5 minutos. Não pode ficar com gosto de cru nem muito mole. Escorrer o macarrão e enxaguar em água fria ou gelada para esfriar e parar de cozinhar.







Em uma vasilha, misturar o tahine, o shoyu e o limão. Se for utilizar o dashi e o óleo de gergelim, já acrescentá-los também. Misturar bem.

 



Juntar o macarrão e misturar com cuidado, agregando o molho. Opcionalmente, agregar a alface. Salpicar a cebolinha picada. Em seguida, provar o tempero e, se faltar sal, colocar um pouco mais de shoyu.





Por fim, é só se deliciar!


Bom apetite!!!



DICAS:


a) Caso se opte por utilizar o dashi, pode-se escolher qualquer um dos tipos de dashi (clique aqui). Sugiro o de alga kombu por ser mais suave.

b) Existe uma marca de soba nacional, mas gosto muito mais dessa marca japonesa da foto abaixo. Faz diferença mesmo! Usei o tahine Hong Kong (o que tinha no armário), mas há várias outras boas marcas no mercado.

4 comentários:

  1. Onde eu posso encontrar este macarrão em Brasília?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafa, já comprei na Mikami (415 sul) e no La Palma. Acho que tem em uma barraca japonesa na feira do guará também. ;-***

      Excluir
  2. Maira, encontrei no Mikami um soba 100% de serraceno. Com indicação de não ter glúten. 😉

    ResponderExcluir
  3. Muito legal. só gostaria de deixar uma dica. quando colocar fotos, por favor, poderia fazer a descrição. Digo isto, pois, leitores cegos como eu ficam boiando literalmente a deriva sem saber. Tipo nada profissional, mas, poderia ser assim o sobba da marca tal como na foto valeu!!!

    ResponderExcluir