domingo, 17 de agosto de 2014

Pescadinha Oriental

Acho que essa é umas das primeiras receitas de peixe que provei na vida... Lembro de comê-la desde pequena.

Sabores orientais em um prato rápido de se fazer e extremamente perfumado e saboroso.

O único cuidado é com os pequenos espinhos. A dica é, na hora de comer, abrir o peixe ao meio e retirar a espinha. A maioria dos pequenos espinhos sairão junto, ficando a carne macia e saborosa.







INGREDIENTES:

- 3 pescadinhas sem cabeça (inteiras e já limpas)
- 1 pimenta dedo-de-moça
- 1 pedaço de gengibre de aproximadamente 50g
- 1/2 maço de cebolão (cebolinha mais grossa - se não achar, pode-se usar cebolinha)
- Cascas de 1/2/ limão tahiti ou siciliano
- óleo de girassol para untar a panela
- 1 colher de sopa de óleo de gergelim
- shoyu a gosto
- sal a gosto
- 2 colheres de sopa de sake
- coentro a gosto (opcional)




MODO DE FAZER:

Picar a pimenta dedo-de-moça em pedaços pequenos. Descascar e cortar o gengibre em tirinhas. Tirar pedaços de casca de 1/2 limão (veja foto abaixo). Picar o coentro e cortar o cebolão em pedaços de aproximadamente 10 cm.


Cortar as pescadinhas em 3 partes.


Untar a panela com um pouco de óleo. Assim, que estiver aquecida, distribuir os pedaços de pescadinha. Por cima, distribuir o gengibre e a pimenta dedo-de-moça.


Em seguida, moer um pouco de sal grosso por cima (aproximadamente 1/2 colher de chá) e acrescentar o óleo de gergelim. Em seguida, adicionar o shoyu (aproximadamente 2 colheres de sopa - varia de acordo com o gosto e com a marca do shoyu).

Deixar cozinhar por 4 minutos (com a panela tampada) e depois virar as pescadinhas, tomando cuidado para não desmanchar. Pode acontecer de soltar a pele, mas não tem problema.


Acrescentar o cebolão, as cascas de limão e o sakê, deixando cozinhar mais uns 7 minutos com a panela tampada (deixando uma brecha para a saída de ar). 


Após o cozimento, pegar um pedacinho de peixe e provar o sal. Se necessário, acrescentar um pouco mais de shoyu. Em seguida, acrescentar o coentro, tampar a panela e desligar.



Prontinho... Suave e delicioso!

Servir com arroz japonês (shiro goran) ou arroz basmati.

ITADAKIMASU!!!

6 comentários:

  1. Estou tentando parar de gastar o tanto de dinheiro que gastava em restaurantes e, ao mesmo tempo, comer com mais consciência, curtindo o prazer de preparar a comida dos meus amigos e da minha família, e essas suas receitas são uma dádiva! Raramente vejo receitas com tanta verdura parecerem tão apetitosas, rssss... Seu blog é sensacional! Obrigadíssimo! Sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Olá, Gui!
      Fico muito feliz! Pois o objetivo do meu blog é exatamente incentivar as pessoas a cozinharem mais em casa e a comerem melhor. Comida feita com critério e carinho não tem preço!
      Quando fizer algum teste, me conte. Dê sugestões e críticas!
      Muito obrigada por tantos elogios emocionantes!!! Eu amo as verduras e faço-as sempre em casa... rs
      Tudo de bom!!!! E muitos novos sabores...

      Excluir
  2. Olá! Quero conhecer o grupo de adeptos a macrobiótica em Brasília , vc dão algum curso ou orientações ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Isadora!
      Estamos planejando cursos para o ano que vem. Você tem facebook ou quer deixar seu contato?
      Pode me mandar um email (tampopogourmet@gmail.com) ou me adicionar no facebook (Maíra Hanashiro Tampopo Gourmet).
      Tudo de bom!

      Excluir