segunda-feira, 9 de junho de 2014

Taioba

A taioba é uma verdura pouco conhecida, mas rica em vitamina A, vitamina C, ferro e fibras.

Raramente se vê para vender nos dias de hoje, mas cresce em vários quintais por aí (inclusive no dos meus sogros!), o que é ótimo, pois são quase sempre produzidas sem agrotóxicos.

Nem toda taioba é comestível, mas clique aqui e veja um vídeo que mostra a diferença entre a taioba brava e a comestível. O blog Come-se da Neide Rigo traz informações bem interessantes também. Aliás, ela tem um conhecimento incrível sobre os ingredientes brasileiros.

Pode-se preparar a taioba como a couve: picadinha fininha e refogada.

Mas prefiro fazê-la em pedaços maiores e rasgada com a mão. Fica deliciosamente macia!

O preparo é simples e rápido.





INGREDIENTES:
- 5 folhas de taioba
- 1/2 cebola
- 2 dentes de alho
- sal marinho (entenda um pouco mais sobre o sal: Beijo no Padeiro e Sem Medida)
- azeite
- pimenta-do-reino


MODO DE FAZER:

Cortar a cebola em fatias finas (meia-lua) e espremer os dentes de alho no espremedor ou cortar em pequenos cubinhos.

Com as mãos, rasgar a taioba (já lavada) em pedaços, retirando-se os talos duros. Em seguida, temperar com sal (aproximadamente 1 colher de café) e pimenta-do-reino a gosto, misturando, como se temperasse uma salada. Gosto de temperar antes de refogar porque o sal fica mais bem misturado.



Untar a frigideira com azeite e jogar o alho e a cebola. Assim que der uma leve dourada, jogar a taioba e misturar tudo. Em seguida, acrescentar 4 colheres de sopa de água e deixar a taioba cozinhar (não demora nem 5 minutos). Assim que ela murchar e ficar macia, provar e verificar se há a necessidade de salpicar mais um pouquinho de sal.


Prontinho! Agora é só apreciar junto com a refeição...

Bom apetite!

Um comentário: