domingo, 16 de setembro de 2012

Um passeio por Nova Iorque - Parte 1

Este ano tive a oportunidade de fazer um passeio muito legal: uma semana em Nova Iorque com dicas (e hospedagem) da minha prima Pri, que está morando lá. Por sinal, uma excelente anfitriã! Obrigada, Pri! Nós adoramos!

Da primeira vez que fui a Nova Iorque, sofri com a comida, pois, além de não comer carne vermelha,  não gosto de comida pesada nem de fast food.

Mas dessa vez foi bem diferente. Pri indicou restaurantes com comidas bem saborosas!

Vou fazer um resumo do que eu mais gostei gastronomicamente, pois pode ajudar outras pessoas com dificuldades para comer American Food.

Com uma proposta vegetariana e orgânica, o primeiro restaurante que fomos foi o Gobo (clique aqui). Dizem que é frequentado pela Madonna. Gostei tanto que fomos duas vezes. Não foge à média de preço dos restaurantes de NY e é tudo muito saboroso. Só conheci o do Upper East Side, mas também há um no West Village. (NOTA em 03/02/2015: Infelizmente, o Gobo fechou.)

O que realmente me impressionou foi o tempero. Tudo bem gostoso!

Eu adorei esse macarrão de arroz com broto de feijão. Levemente apimentado e temperado...

vietnamese spicy stir-fry rice noodle with bean sprouts 

Meu namorado pediu essa massa. São almôndegas vegetarianas. O molho estava bem gostoso.

spaghetti with wheat balls, zucchini and tomato sauce

Uma entradinha bem gostosa é o roti canai with malaysian curry. Trata-se de um cozido de curry com roti canai, uma espécie de panqueca da Malásia. Pena que não fotografei...

Minha prima pediu um pineapple fried rice with sunflower seeds & soy protein, que é um arroz integral com abacaxi, proteína de soja e sementes de girassol. Gostoso também.

Também comemos um tempura shitake caps in mashed sweet potatoes. Era uma porção de shitakis fritos sobre purê de batata doce. Esse estava menos temperado, mas a fritura estava bem sequinha. 

Outra dificuldade é achar um bom café da manhã. Compramos algumas coisas e fizemos na casa da minha prima mesmo. Aliás, deliciosas são as cerejas californianas, vendidas em toda esquina de NY.

Os mercados são impressionantes. Pode-se comprar coisas do mundo todo. Até coco verde! Adorei a estante de cogumelos. Todos os tipos e fresquinhos!



Bom, mas ninguém é de ferro e, no dia em que dormimos um pouco além da hora, fomos tomar café da manhã na rua. Sofrimento? De forma alguma. Achamos uma padaria de produtos orgânico: Le Pain Cotidien. Tem várias unidades em NY, aliás, no mundo e - acabei de descobrir - em São Paulo também. Talvez valha a pena conheccer a versão brasileira.

Claro que para nós os produtos são comuns, mas, para os parâmetros de café americano, é um paraíso. Não muito barato...


Omelette (ovo orgânico)

fresh fruit salad

Outra informação interessante é que muitos restaurantes possuem menu executivo (entrada + prato princiapl + sobremesa) na hora do almoço. Assim, dá para almoçar em restaurantes caros pagando menos.

Fomos a dois estabelecimentos e provamos os menus executivos.

O primeiro foi o Osteria del Circo (clique aqui). A comida não nos impressionou, mas estava na média. O atendimento foi muito bom.

tartara di salmone (cubos de salmão com abacate)

sorbetti

O segundo menu executivo foi em um restaurante grego chamado Estiatorio Milos (clique aqui). Esse restaurante é um pouco menos simpático do que o outro. Não gostam muito de atender sem reserva e olham feio para bermudas. Todavia, o serviço é bom e a comida satisfatória. Aliás, minha massa estava bem gostosa, mas achei o peixe do meu namorado muito pequeno.

O diferente do local é que tem uma peixaria com pescados bem frescos lá dentro. Fora do menu executivo, você pode escolher o seu peixe ou qualquer outro fruto-do-mar.

O menu executivo custa $24.07, mas, como pedi com lagosta, tive que pagar um extra de $15.00. No site tem o cardápio executivo com as opções disponíveis.

peixes e vieiras


vieiras na concha

entrada: vieira grelhada (canadian scallops served with orange and mint salad)

Outra entrada sabrosa é o mediterranean meze plate: taramosalata, humus, tzatziki, spinach pie, Greek olives and roasted peppers. São várias pastas para se comer com pão.

prato principal: spagueti com lagosta (lobster pasta in a light garlic tomato sauce)

Os pescados em Nova Iorque são abundantes e, em geral, bem preparados. Também há comida asiática e vegetariana pela cidade toda.

Para não ficar muito cansativo para os seguidores do Tampopo Gourmet, continuarei falando de outros restaurantes de NY na próxima postagem.

Não percam!!!

5 comentários:

  1. Tudo parece maravilhoso!!!!!!!! Hum...fiquei com água na boca.

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post! Nao vejo a hora de aproveitar as dicas da Priscila!!

    ResponderExcluir
  3. Excelente post... Espero que você tenha pego todas as receitas pra preparar pros amigos, ahauhauah. bjo

    ResponderExcluir
  4. Huuuum fiquei com água na boca! Quanto a soh ter visto meu post agora, besteira... Motivo para voltar logo para aquela cidade maravilhosa! Tenho grandes amigas macro por lá e ainda tem o Kushi Institute, que fica há 3 horas e vale muito a pena conhecer....

    ResponderExcluir